sábado, 5 de novembro de 2011

O título da postagem? Esqueci...

Clique na imagem para ler.

Link da postagem citada aqui.

Eu fui ao psiquiatra na segunda-feira passada. Falei para ele do meu problema de memória, mas ele não se interessou. Não sei mais o que fazer sobre isso. Se alguém souber, por favor, me ajuda!


PS: Não reparem nos erros ortográficos. Quando escrevi isso era de madrugada e eu não tinha feito rascunho.



4 comentários:

  1. Oi, vc descreveu minha vida. Só que com uma diferença... não ligo, não lembro, sebem que sou assim, quando esqueço de fazer algo pergunto: _ Se sabem que eu esqueço para que pediram para mim? Tenho mais 2 amigas bipolares, não lembramos nomes de fatos e pessoas e coisas as vezes, aí inventamos um nome, por exemplo: "Fui ao, ao... "dromedário" hahah subistituímos e morremos de rir. Mas este é o bom de ter amigos bipolares tbm, podemos trocar figurinhas e nos fortalecer e compreender. Se vc se preocupar piora, nao tem conserto, por isto seu psiquiatra não deu importância. Então relaxa. Faz cadernetinhas de anotações, alarmes no celular, e se esquecer? Paciência, NÃO É CULPA SUA. Ponto. Desde de q comecei a pensar assim passei a ser mais feliz e a esquecer menos. Não é para te desanimar, mas isto não vai mehorar, então aprenda a conviver. Convivo com isto a décadas. Fazer oq?

    ResponderExcluir
  2. Oi Francine, obrigada pela visita e comentário no meu blog!
    Você será sempre muito bem vinda!
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Eu acredito que essas coisas (geladeira aberta, luz acesa, etc) são coisas corriqueiras que também acontecem comigo. Às vezes tomo banho e quando vou me enxugar lembro que não lavei o cabelo e aí...tenho voltar para o chuveiro.
    Datas também tenho esquecido. Todos esses esquecimentos eu associo ao estresse.
    Eu recomendaria palavras-cruzadas ou alguns jogos de lógica. Quanto a datas, uma agenda ajuda bastante. PAra ajudar na memória, faça coisas que não estejam tão associadas ao seu roteiro cotidiano. Por exemplo, porque não sentar em outro lugar no sofá ao assistir TV? Ou, porque não acordar num horário diferente daquele que estamos habituados, ou então fazer um novo trajeto diferente daquele que fazemos ao ir para escola, trabalho, mercado, etc? Parece ser coisa boba, mas já fiz isso e parece que esse procedimento ativa um mecanismo que nos traz novas perspectivas, que ativa memórias passadas - as boas - e nos indica que sempre há coisas novas a se fazer.
    Eu espero que sua família esteja bem, seu pai e você também. Cuide-se e fique com Deus.
    Abraço@!

    ResponderExcluir

Hey you from another country! If you want to comment, please, go ahead and do it IN YOUR OWN LENGUAGE! I can use GOOGLE TRANSLATE to understand your message. I will love to know what do you think about my posts. God bless you! :*